domingo, 1 de junho de 2008

Desvaneios Intelectuais #3

Regressamos a Lisboa, vindo de Aveiro.

Essa terra, a tua cidade, que tu tão carinhosamente começaste a dizer que também seria minha.

Nestes dias que cá passámos, relembrei tanta coisa, tantos sentimentos, tantas recordações que nem tinha noção.

Mal chegámos, tive aquela sensação de menino pequenino, que tinha quando tu cá moravas e eu vinha passar os fins-de-semana contigo, felicidade imensa, voltar a ver-te a tocar, poder sentir os teus beijos, a tua pele..

Se calhar, tenho saudades desse tempo, corria tudo tão bem, nós andavámos sempre apaixonados, sempre de bem um com o outro.

Agora que moramos juntos, por mais que corra tudo bem, é diferente, desapareceu aquele abraço sentido de quando não nos viamos durante 1 mês e de repente reencontravamos-nos na estação e para não atrair os olhares, trocavamos um abraços de partir ossos...

Tenho saudades, dessa paixão, desses abraços, desses beijos....

Sinto-me completamente perdido por ti!

Só quero retomar tudo, retomar o meu sorriso, retomar os nossos planos, retomar a nossa relação..

Sem comentários: