sábado, 6 de novembro de 2010

As pessoas desiludem.


As pessoas desiludem.

Tenho um colega, que simultaneamente o é de trabalho e de curso, e antes de começarmos as aulas, veio ter comigo com um grande discurso em como as pessoas nos podem lixar e tal, e que já nos conhecemos e que nos devemos de entreajudar. Ao mesmo tempo, fui também avisado que ele age por interesse e aproxima-se das pessoas e não tem pudor nenhum em espetar facas nas costas.
Pois bem, começámos as aulas, e como era esperado só fala comigo quando lhe sou útil porque de resto anda com um grupo de pessoas que a mim não me chamam.

Por outro lado, um dos meus melhores amigos, diz que anda triste comigo, porque supostamente cometei algo que lhe chegou aos ouvidos e que não o agradou. A questão principal é: pega e vem falar comigo. Se for o que estou a pensar, o que posso ter comentado com outros terá sido soft comparado o que eu te disse.

Não obstante, na quinta-feira, a minha turma/curso foi elogiado/a por outra turma, em como somos todos tão unidos e tão amigos, e partilhamos algo mais do que um interesse em comum: terminar o curso.

Pois é.

As pessoas desiludem, mas há outras que nos surpreendem.

GRH - ULL! Melhor curso. Melhor turma. Melhores pessoas (algumas). Amizades. Stress. Carinho. Brincadeira. União. Somos Lusos! E com ORGULHO em sê-lo!

1 comentário:

um coelho disse...

Vai ser sempre assim, Tiago Boy. Já não é mau quando as pessoas que nos surpreendem (pela positiva) suplantam as que nos desiludem.